X Encontro de Iniciação Científica, XIII Simpósio de Iniciação Científica da UFABC e 15º Congresso de Iniciação Científica da USCS

Chamada e Instruções

Quem pode se inscrever?
Estão convidados para inscrever seus trabalhos alunos de iniciação científica da UFABC, USCS e universidades convidadas que realizaram trabalhos de Iniciação Científica em 2019/2020 ou que participaram dos editais de Iniciação Científica de anos anteriores e que ainda não apresentaram seus trabalhos no Encontro de Iniciação Científica.

O processo de inscrição será realizado em três etapas:
1) As inscrições deverão ser realizadas pelo orientador até o dia 02 de outubro de 2020, em: https://cmt3.research.microsoft.com/XEIC2020, onde deverá ser informado o título do trabalho (o mesmo título do projeto de Iniciação Científica), a lista de autores, o resumo do trabalho e o eixo. Na lista de autores, o primeiro nome deverá ser necessariamente o nome do aluno, seguido pelo nome do orientador e dos demais colaboradores. Em caso de alteração no título do trabalho informe enviando um e-mail para: iniciacao@ufabc.edu.br ou iniciacao.cientifica@adm.uscs.edu.br, dependendo da instituição que você realiza o Programa. 

2) Até o dia 24 de outubro de 2020 deverá ser submetido o vídeo pôster (obrigatório) na opção Submission File, contendo a apresentação do trabalho. Instruções para elaboração do Vídeo Pôster podem ser encontradas abaixo. Estas apresentações deverão ser realizadas pelo aluno. Mas atenção: só poderão submeter os vídeos aqueles que se inscreveram até dia 02 de outubro de 2020.

3) Junto com o vídeo pôster deverá ser submetido o Termo de Cessão (obrigatório), cujos modelos estão disponíveis logo abaixo. Este termo deverá ser preenchido e assinado pelo aluno ou seu responsável, quando menor de 18 anos. A não submissão do termo implicará no cancelamento da inscrição.

No momento da inscrição deverá ser indicado se o aluno tem interesse em participar de uma sala virtual (não obrigatório) para apresentar e discutir sobre os resultados com os demais colegas e pesquisadores.
Observação: A participação do aluno em uma sala virtual não exclui a necessidade da submissão do vídeo pôster. 

Arquivos para download:
Cartaz de divulgação: link para download do arquivo

Instruções para elaboração do vídeo pôster: link para download do arquivo

Template para vídeo pôster: link para download do arquivo

Termo de cessão para menores de 18 anos: link para download do arquivo

Termo de cessão para maiores de 18 anos: link para download do arquivo

Sobre as salas virtuais:

As salas virtuais serão video conferências dedicadas, onde os alunos terão 10 minutos para apresentarem o seu trabalho ao vivo e interagir com toda a comunidade, tirando dúvidas e discutindo os resultados e as conclusões do seu trabalho.

Sobre as avaliações dos trabalhos:
Somente as apresentações de trabalho ficarão disponíveis em “Trabalhos” no período de 02 de novembro a 27 de novembro de 2020 quando serão avaliadas. Excepcionalmente, neste ano, não será realizada a premiação dos melhores trabalhos. As avaliações serão utilizadas para compor o relatório que será encaminhado para o CNPq e também para que os Comitês dos Programas de Iniciação Científica da UFABC e da USCS possam continuar acompanhando a qualidade dos trabalhos de Iniciação Científica de suas instituições.

Descrição dos eixos para o encontro:

EixoDescrição do Eixo UFABCÁrea / Cursos USCS
EnergiaRelaciona-se com a geração e a interação entre as várias formas de energia. Envolve os recursos naturais e as tecnologias para sua utilização; aborda os condicionantes e as consequências ambientais da relação entre a sociedade e a natureza.
  • Direito (Ambiental)
  • Engenharia
  • Meio ambiente (relacionado às energias)
Processos de TransformaçãoEste eixo aborda os diversos tipos de processos: auto controlados, como a própria vida e os processos biológicos; processos sem controle, ou controlados por ações exógenas; processos físicos, químicos e bioquímicos; coletivos, evolucionários, sociais e históricos..
  • Engenharia
  • Psicologia
  • Saúde em geral
Simulação e RepresentaçãoRelaciona-se à matemática pura e a lógica, aliada aos processos de simulação e modelagem, como as ferramentas mais poderosas inventadas pela humanidade para compreender e prever o comportamento do universo e de sistemas naturais e artificiais que constituem o mundo atual.
  • Ciências Econômicas
  • Computação
  • Engenharia
Comunicação e InformaçãoEste eixo comporta o mundo virtual e suas interfaces com o mundo material, envolvendo o suporte físico, o significado, o conteúdo, a natureza, a transmissão e o processamento da informação.
  • Aeronáutica
  • Comunicação
  • Engenharia
Estrutura da MatériaEste eixo visa a compreensão das características microscópicas da matéria, relacionando-as com suas propriedades macroscópicas. A constituição atomística e a visão quântica da matéria apresentam-se como avanços científicos que permitem explicar o universo e sua evolução, interligando áreas como a nanociência, a síntese de novos materiais até o estudo de estruturas interestelares.
  • Computação
  • Saúde
Humanidades – PENSAMENTO, EXPRESSÃO E SIGNIFICADOGrande parte das formas de interação entre o ser humano e o mundo concerne a conteúdos cognitivos que representam, no pensamento do primeiro, a realidade do segundo. A representação é o instrumento que permite ao ser que pensa atribuir um significado ao real. O pensamento, mesmo que seja para si próprio, exige que aquele que pensa traduza o pensado em um objeto de expressão. Os diversos modos de expressão constituem as diferentes linguagens através das quais se pretende expressar a realidade. O ser humano se manifesta, fundamentalmente, no pensamento. Não há como entender o pensamento sem examinar suas relações com a expressão nas suas diferentes linguagens e estas na diversidade de suas significações.
  • Comunicação
  • Pedagogia/Educação
  • Psicologia
  • Saúde (pesquisas em saúde social)
Humanidades – ESPAÇO, CULTURA E TEMPORALIDADE Este eixo objetiva problematizar, a partir de um recorte temporal e histórico, as relações entre a divisão social do trabalho, de um lado, e as transformações técnicas, sócio-econômicas, políticas e ambientais no espaço, de outro. Parte-se do pressuposto que o espaço geográfico mais amplo, ao mesmo tempo que molda, é influenciado pelas relações sociais. Neste sentido, o eixo norteia um conjunto de discussões interdisciplinares sobre as interdependências entre a globalização, a reestruturação das escalas territoriais de poder (desde o local até o global), a compressão do espaço e do tempo, a homogeneização ou diferenciação do espaço pelo tempo e as transformações culturais. Neste eixo organiza-se a discussão sobre a produção e a apropriação da Ciência, da Tecnologia e da Inovação pela Sociedade. Parte-se do pressuposto que o processo de produção da Ciência, da Tecnologia e da Inovação não somente implica em transformações na divisão social do trabalho e na reprodução das forças sociais, mas está imbricado na própria dinâmica das forças sócio-econômicas, políticas e culturais da sociedade como um todo. Este eixo aglutina uma série de discussões interdisciplinares sobre a epistemologia das Ciências; os modelos de racionalidade científica; o problema da objetividade da Ciência; as implicações entre Filosofia da Ciência e História da Ciência; as relações entre Ciência, Tecnologia, Inovação, Ética e desenvolvimento sustentável; o papel do Mercado, do Estado e da Sociedade na criação de sistemas nacionais e locais de inovação; as relações entre política, poder e a apropriação desigual dos benefícios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação; e, a globalização e a viabilidade de sistemas nacionais de Inovação.
  • Administração
  • Arquitetura
  • Ciências Econômicas
  • Comunicação
  • Direito
  • Negócios em geral
  • Pedagogia/Educação
  • Psicologia
  • Saúde (pesquisas em saúde social)
Humanidades – EPISTEMOLOGIA E METODOLOGIA A construção epistemológica do conhecimento e o exercício da prática tecno-científica devem ser articulados no espectro de valores humanísticos e filosóficos, de forma que sua dinâmica e realização se configurem a partir do entendimento de que a ciência e a técnica não se apresentam apenas como meio ou dispositivo, mas, principalmente, como modo de inserção na realidade, de ação e interação do homem com o mundo.
  • Todos os cursos cujos temas das pesquisas tenham foco nas discussões teórico-metodológicas.
Humanidades – ESTADO, SOCIEDADE E MERCADO A quase totalidade das relações de poder é abarcada pelas esferas do Estado, Sociedade e Mercado. O que muda é a ênfase em cada um dos elementos que constituem esse tripé. Pode-se (a) elevar a capacidade de atuação do Estado; (b) transferir ou não atividades anteriormente sob o controle do Estado para o mercado por meio do setor privado; ou (c) trabalhar por intermédio de organismos oriundos da sociedade, denominados Organizações Não Governamentais (ONGs) ou Terceiro Setor. O peso de cada uma dessas opções reflete a preferência dos agentes pelo Estado, pelo Mercado ou pela Sociedade em suas diversas combinações nas políticas públicas e/ou econômicas. A questão primordial desse eixo é o estudo da dinâmica das relações entre o Estado, a Sociedade e o Mercado
  • Administração
  • Economia
  • Comunicação
  • Direito
  • Pedagogia
Humanidades – CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INFORMAÇÃO Neste eixo organiza-se a discussão sobre a produção e a apropriação da Ciência, da Tecnologia e da Inovação pela Sociedade. Parte-se do pressuposto que o processo de produção da Ciência, da Tecnologia e da Inovação não somente implica em transformações na divisão social do trabalho e na reprodução das forças sociais, mas está imbricado na própria dinâmica das forças sócio-econômicas, políticas e culturais da sociedade como um todo. Este eixo aglutina uma série de discussões interdisciplinares sobre a epistemologia das Ciências; os modelos de racionalidade científica; o problema da objetividade da Ciência; as implicações entre Filosofia da Ciência e História da Ciência; as relações entre Ciência, Tecnologia, Inovação, Ética e desenvolvimento sustentável; o papel do Mercado, do Estado e da Sociedade na criação de sistemas nacionais e locais de inovação; as relações entre política, poder e a apropriação desigual dos benefícios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação; e, a globalização e a viabilidade de sistemas nacionais de Inovação
  • Administração
  • Direito
  • Economia
  • Negócios em geral
  • Pedagogia/Educação
  • Saúde (pesquisas em saúde social)
  • Sistemas de Informação